O Canvas das Finanças Pessoais

Atualizado: 28 de Jan de 2019

Para auxiliar as pessoas na elaboração de um orçamento doméstico e no controle das suas finanças pessoais, nós da Update Educação e Consultoria elaboramos uma ferramenta inovadora que batizamos de O Canvas das Finanças Pessoais (baseada no conhecido Business Model Canvas do Alex Osterwalder). Seguindo a mesma lógica da criação do Alex, o Canvas das Finanças Pessoais é um mapa visual, a representação resumida e lúdica dos principais elementos que consideramos importantes para a desmistificação e organização das finanças domésticas, dividido em oito grandes blocos.


Trata-se de um modelo inovador, dinâmico, prático, de fácil elaboração e de interpretação que auxiliará as pessoas e as famílias a se organizarem financeiramente, ajudando-as a terem um conhecimento mais profundo de si mesmas, a terem um controle maior de tudo que ganham e gastam, e a aprenderem como suas decisões financeiras influenciam e influenciarão suas metas e objetivos de vida. O Canvas é sempre preenchido com as informações de um ano completo e é o ponto de partida para a criação do orçamento financeiro doméstico, permitindo assim a construção de planos de ação de acordo com a realidade financeira atual das pessoas e de seus desejos futuros. 


Pela facilidade de reunir, organizar e até mesmo alterar os dados, tratando as finanças pessoais como um #negócio, o Canvas poderá ser utilizado pelas famílias para traçar metas anuais e colocar todos dentro de um mesmo objetivo, criando um ambiente positivo de ação e colaboração.


Nosso processo de trabalho consiste em guiar as pessoas através da ferramenta, recomendando soluções para seus problemas financeiros e recomendando sugestões para o atingimento de seus sonhos através de uma atividade lúdica, divertida e objetiva sobre a análise dos blocos.

Mas o que significam e como preencher os oito blocos?


#1. Autoconhecimento: Neste bloco a pessoa deve incluir comportamentos e hábitos que ela precisa aprimorar ou desenvolver para melhorar sua vida financeira. Nós gostamos muito de utilizar um teste de personalidade para que as pessoas possam conhecer como o seu atual perfil psicológico pode afetar a sua relação com o dinheiro, e assim identificamos riscos e oportunidades que a pessoa poder ter ao longo do processo de atingimento das sua metas financeiras.


#2. Receitas: Aqui levantaremos tudo o que entra de receita mensal na conta da família, dividindo as receitas entre recorrentes (aquelas que efetivamente entram todo mês), e as eventuais que, como o nome já indica, são aquelas rendas esporádicas ao longo do ano. Também trabalhamos em conjunto com as pessoas quais seriam as eventuais oportunidades que elas poderiam ter ou criar para gerar renda extra na família. Como por exemplo, criar um negócio paralelo, prestar consultoria, ganhar dinheiro através da OLX e etc... Por fim contabilizamos tudo e chegamos em um valor anual de receita que é gerada.


#3. Desapego: É o quadrante da sustentabilidade. Sabe aquelas coisas que as pessoas não usam mais, que ficam ocupando espaço e que poderiam ser úteis para outras pessoas? Nesse quadrante fazemos uma reflexão conjunta sobre isso, sobre tudo aquilo que pode ser doado, vendido, ou principalmente convertido em receita durante o ano. Afinal, se considerar com muita atenção vai ver que normalmente "a maioria das pessoas usa apenas 20% do que possui, e que as outras 80% são basicamente dinheiro parado, coisas que necessitam manutenção e que servem apenas para ocupar um espaço valioso." 


#4. Patrimônio: É o quadro do levantamento atual de todos os patrimônios que a pessoa tem e a valorização dos mesmos. E efetivamente discutir se manter esses patrimônios são viáveis ou não do ponto de vista financeiro. Analisar se o benefício realmente vale o quanto geram de despesas adicionais e etc... Podem ser coisas materiais, coisas de cunho emocional e até mesmo dívidas! Que precisam estar lá para lembrar aquilo que precisa se resolvido o quanto antes.


#5. Sonhos: Simplesmente o quadrante mais importante de todos! A pessoa é levada a indicar quais os seus sonhos de curto, médio e longo prazos. Pois sem um sonho, sem um alvo, ou sem um objetivo claro, fica muito mais difícil ter sucesso na vida financeira.


#6. Despesas: É onde fazemos a identificação de todas as despesas mensais, qualificando-as em despesas básicas e despesas adicionais. Igualmente ao que fazemos em relação à receita, chegamos a um valor de despesa total anual. Uma vez que identificamos o valor de despesa anual e comparamos com a receita anual, ficará mais fácil concluir se o "fluxo de caixa do ano" será saudável ou não. O quadrante permite também que as pessoas tenham a visão geral do quanto as despesas básicas e adicionais representam em % do total de despesas e em % do total da receita para ajuda-las nos planos de ação e correção.


#7. Investimentos: Analisaremos todos os investimentos atuais que as pessoas têm, e se eles são suficientes e são os investimentos certos para que possam atingir seus objetivos. Faremos recomendação de investimentos de acordo com seus perfis, e orientaremos e explicaremos como os investimentos em renda fixa, renda variável ou até mesmo criptomoedas, tem papel fundamental no planejamento financeiro e no planejamento de metas e sonhos.


#8. Planejamento de Metas: Esse último quadrante é uma lista das metas estabelecidas, planos de ação e riscos para o ano, e devem ter sempre o correspondente financeiro dentro do orçamento e estar em conformidade com o quadrante dos sonhos de curto prazo. 

Após a conclusão do Canvas, toda a informação é levada para o excel, para a criação do orçamento doméstico. Sendo que o Canvas vai conter as informações total ano e o plano no excel contém o detalhamento por conta e por mês.


E quais a vantagens de se fazer o Canvas das Finanças Pessoais?

Como se pode observar, os seus oito blocos são totalmente integrados, o que facilita a visualização de todo o ciclo financeiro e interliga tudo ao planejamento de vida das pessoas. Transforma uma parte importante da nossa vida em um modelo de negócios, simples, visual e dinâmico.


Você vai passar a ter, em qualquer tempo, em uma simples folha de papel, e de forma lógica, o resumo geral da sua vida financeira e a visualização dos compromissos financeiros firmados consigo mesmo. Além disso, podemos listar como benefícios:

Você vai passar a ter metas escritas e concretas e não apenas ideias sobre o que fazer com suas finanças;Colocar tudo no papel vai deixar mais claro o que quer e o que dever fazer; E estabelece um compromisso com você mesmo;Você sempre vai poder ver a evolução e melhorar vs. o plano, desde que ele esteja no papel.


Importante lembrar que o Canvas não substitui o compromisso e o foco do dia-a-dia para buscar sempre a melhor condição financeira, e que embora se possa desenha-lo em poucas horas, isto não significa que o processo da sua elaboração seja simples, pois nossa vida é complexa, bem como tudo o que determina as decisões que tomamos ao longo dela. 


Sobre o autor: Luiz Mar é Administrador graduado pela UFPR, com MBA em Direção Estratégica e Pós-Graduação em Finanças Empresarias. Criador do Empoderamento Financeiro onde ensina Inteligência Financeira e Investimentos, é profissional da área financeira e há mais de 15 anos trabalha com planejamento financeiro na Mondelez Internacional. Na Update Consultoria, onde é sócio por mais de 5 anos, ajuda empreendedores e profissionais com treinamentos, investigação apreciativa, plano de negócios, plano financeiro, estratégia e finanças pessoais.


Nota: A Update utiliza essa ferramenta como parte de nossa consultoria particular de finanças pessoais bem como parte do conteúdo do nosso curso Empoderamento Financeiro.

67 visualizações