37 Dicas para Economizar Dinheiro

1. Substitua a dívida atual por outras mais baratas

Se está endividado, comece substituindo suas dívidas atuais por outras mais baratas (com taxas de juros menores). Algumas opções são antecipação de restituição de Imposto de Renda, Créditos Consignados, Refinanciamento de Automóveis e assim por diante. Se possível concentre toda a sua dívida em um único lugar e com a menor taxa de juros possível.

2. Pague menos nas tarifas bancárias

Fique de olho nas tarifas cobradas pelo seu banco e considere trocar de banco ou substituir sua conta padrão, por uma conta digital sem tarifas. Consulte o seu extrato para listar os custos da manutenção da conta corrente, juros e outras taxas.

3. Troque o serviço de telefonia móvel

Devido à forte concorrência, muitas operadoras de telefonia estão praticamente dando serviços em troca de novos clientes. Portanto, não fique preso em um plano de telefone antigo que está cobrando taxas desnecessárias. Escolha uma empresa que irá ajudá-lo a economizar em sua conta mensal, que vai te oferecer serviços adicionais e que te oferece bons descontos para fazer a portabilidade.

4. Pare de pagar TV à Cabo

Assista TV através dos vários serviços streaming que temos acesso atualmente como Netflix, HBOgo, TED, Premiere Play e etc. Esses novos serviços custam muito menos por mês.

Além disso, podemos contar com o Youtube como excelente canal de entretenimento e de educação. Cortar o seu serviço de TV a cabo e substituí-lo por um dos serviços mencionados terá efeito significativo sobre suas contas.

5. Leia no tablet ou no celular

Você adora ler revistas? Experimente substituir sua assinatura física por uma digital. É mais barato, a entrega é imediata no seu dispositivo e ainda ajuda a poupar algumas árvores. Faça o mesmo com livros digitais e economize dinheiro e espaço.

6. Use dinheiro vivo e peça desconto

Acabe de vez com a tentação das compras a prazo. Opte por usar dinheiro, compre à vista e sempre peça desconto. Os comerciantes pagam taxas a cada transação com cartões então pagar em dinheiro é um excelente negócio para ambos. Usar o cartão de crédito em compras à prazo causa a sensação de ilusão, tende a acumular e se tornar uma dívida.

7. Calcule suas compras por horas trabalhadas

É difícil dizer não. Especialmente nos fins de semana quando se tem tempo livre para passear e gastar dinheiro. Experimente este truque: Calcule o quanto você ganha por hora e então quando você estiver decidindo sobre uma compra, saberá exatamente quantas horas precisa trabalhar para realizar tal compra. Isso te ajudará a avaliar se algo vale a pena ou não ser comprado.

8. Planeje seu trajeto

Anote tudo o que precisa ser feito na rua, planeje o percurso e tire um dia da semana para resolver suas pendências como lavanderia, supermercado, banco, farmácia, etc. Você vai economizar tempo e combustível.

9. Economize combustível

Mantenha os pneus do seu carro calibrados, evite carga desnecessária como porta malas cheio, mantenha o carro limpo, controle o uso do ar condicionado, dirija com calma e realize as manutenções regularmente.

10. Reduza os custos com transporte

Ter um carro é mesmo necessário? Calcule as despesas com combustível, IPVA, estacionamento, impostos, multas, manutenção, limpeza e avalie se vale a pena continuar com o carro ou optar por um meio de transporte alternativo como o Uber, bicicleta elétrica ou convencional ou ainda transporte público.

11. Reuniões por áudio/vídeo conferencia

A quantas reuniões de 15 minutos você já compareceu nos últimos tempos para as quais teve que dirigir por quase uma hora ou mais? Usar o telefone ou fazer chamadas online (Skype, Hangouts) pode poupar você do stress, economizar tempo, combustível e poupar a atmosfera.

12. Pegue emprestado

Não corra para uma loja toda vez que você precisar de alguma coisa. Em vez disso, pergunte a um membro da família ou a um amigo se tem o que você precisa para ser emprestado. Isso vale para ferramentas, roupas e etc.

13. Pesquise preços

Pesquise preços de serviços semelhantes e tente negociar descontos com os fornecedores atuais. Se eles não reduzirem as tarifas praticadas, troque-os por outros mais baratos. Some as economias que você obteve com as mudanças e planeje a melhor forma de investir.

14. Compre pela internet

Aproveite as facilidades da internet e pesquise preços online de bens e serviços antes de comprar qualquer coisa. Isso pode te ajudar a economizar um bom dinheiro e muitas vezes a diferença entre as lojas pode chegar a 150%. Além disso, comprar online acaba sendo mais barato, pois elimina os custos de um vendedor, comissão, ponto comercial, etc. Só fique atento ao valor do frete e políticas de devolução.

15. Controle a compulsão

Você viu um produto e desejou comprá-lo? Controle seus desejos e defina um período de reflexão para pensar sobre o item que deseja. Se depois desse tempo você ainda estiver interessado no item, não será mais uma compra por impulso. Apenas certifique-se de que terá dinheiro para isso e não comprometerá seu crédito.

16. Descubra onde comprar roupas de marca

Poupar dinheiro não significa andar por ai mal vestido. Existem maneiras de se vestir muito bem, sem abrir mão de qualidade ou roupas de marca. Opte por comprar roupas em períodos de liquidação, encontre sites que vendem roupas de marca por preços mais atrativos como o enjoei, ou descubra outlets em sua cidade que ofereçam roupas de marca a um preço mais acessível.

17. Devolva o que não usou

Quem nunca comprou uma roupa e depois se arrependeu? Quem sempre? Volte na loja e troque o produto por outra coisa. Se não se interessar por nada no momento, opte por receber um vale compras para usar no futuro ou presentear alguém no próximo aniversário.

18. Venda tudo o que você não usa

Tem muitas coisas paradas na sua casa como roupas, eletrodomésticos e brinquedos? Aproveite a internet, venda num brechó, organize um bazar e transforme isso em dinheiro.

19. Exercício fora da academia

Academia é geralmente a primeira coisa que é cortada na hora de apertar o orçamento. Felizmente, você não precisa frequentar uma academia para se exercitar e ser saudável! Correr, caminhar ou andar de bicicleta na rua é de graça! Você também pode procurar por aulas gratuitas nos fins de semana em parques ou academias. Além disso, é possível baixar diversos apps que te ajudam a manter a forma. Pequenas mudanças como usar a escadas ou descer um ponto ou dois antes do seu destino ajudam a manter a forma e podem fazer uma grande diferença. Fique atento e mexa-se.

20. Lazer sem custo

Aprenda a valorizar as coisas preciosas da vida que não custam nada, como um passeio ao ar livre ou uma reunião em casa com amigos ou com a família. Se você tem crianças, leve-os para passear num parque público ao invés do shopping. Se for solteiro, convoque os amigos para pedalar nas ciclovias ou praticar algum esporte nos parques da sua cidade.

21. Use e abuse dos programas de fidelidade

Opte por comprar em lugares que oferecem alguma vantagem, afinal você tem algumas despesas que não tem como escapar, por exemplo, combustível, supermercado e telefonia. Escolha seu programa de fidelidade favorito e concentre-se nele para acumular pontos com mais rapidez. Você pode trocar a pontuação por descontos, passagens aéreas, experiências, produtos e muito mais. Cuide para que seus pontos não expirem!

22. Pague meia entrada no cinema

Poupar dinheiro não significa cortar suas idas ao cinema. Descubra os dias e horários promocionais. Em Curitiba Itaú paga meia nos cinemas UCI e nos cinemas do shopping Crystal. Cliente Santander tem vantagens no Cineplex e Cliente Bradesco e Vivo tem vantagem no Cinemark. Doador de sangue também paga meia, crianças até 12 anos, estudantes, professores e idosos com mais de 65 anos. Evite a bomboniere, porém se não conseguir ficar sem nada para comer, passe nas lojas americanas do shopping antes de entrar na sala de cinema.

23. Férias fora da alta temporada

Quem adora tirar férias e viajar? Quem detesta vôos lotados e falta de espaço na areia ou na piscina do hotel? Se for possível, programe suas férias fora das altas temporadas, economize tempo e livre-se do stress. Além de viajar em baixa temporada, considere comprar pacotes por sites de promoção ou usar o Airbnb que tem um custo baixo e proporcionam a experiência de viver como uma pessoa do local.

24. Abra mão das refeições gourmet

Almoçar fora todos os dias pode ser uma despesa grande, especialmente se o seu local de trabalho está localizado em algum bairro nobre, seu vale refeição pode não durar nem ao menos a metade do mês. Procure restaurantes que ofereçam pratos executivos, por valor único, ou tente encontrar bom buffet por Kg e pague apenas aquilo que for comer.

25. Elimine a bebida durante as refeições

Beber água, sucos ou refrigerantes durante as refeições prejudicam a digestão, pode aumentar o volume do estômago e estimular ainda mais a vontade de comer. Se você não consegue comer sem ingerir algum líquido, o problema pode estar na mastigação. Procure mastigar pelo menos 20 vezes cada garfada de comida e ainda economize na bebida. Se não consegue ficar sem beber, opte pela água por ser mais saudável.

26. Jante fora com desconto

Jantar fora é uma daquelas despesas que podem acabar com seu orçamento rapidamente se você não for cuidadoso. Saiba que é possível fazer suas refeições fora poupando, você só precisa ficar atento! Tenha um orçamento definido para esse tipo de despesa. Opte por dias e horários onde são oferecidos descontos, como por exemplo, no happy hours. Use a abuse de vouchers de desconto do groupon para conhecer novos lugares com excelentes descontos. Programas de fidelidade também costumar oferecer benefícios em estabelecimentos, como pague um prato e ganhe o outro, sobremesa ou garrafa de vinho de cortesia. Verifique as opções nos seus programas de fidelidade.

27. Pare de dividir a conta

Sair para jantar com os amigos é ótimo, mas na hora de pagar a conta você pode se sentir lesado por ter que dividir a conta uniformemente com seu amigo folgado. Para fugir dessa cilada, opte por locais que usam comandas individuais, e que tenham opções variadas no cardápio. Leve e pague em dinheiro, deixe o cartão em casa para não cair na tentação de pagar para alguém.

28. Apenas diga não!

Não existe nada de errado em recusar um convite para um casamento ou qualquer outro evento ou festa que podem significar um monte de dinheiro desperdiçado com roupas, presentes, sapatos, salão de beleza, etc. Às vezes não há problema em dizer não! Se você está tentando economizar dinheiro para pagar uma dívida ou para realizar algum objetivo de vida, a palavra “não” pode fazer muita diferença.

29. Compre no atacado

A diferença de preço entre o mesmo produto no supermercado varejista vs. o supermercado tradicional costuma ser muito grande. Você vai sentir a diferença no bolso.

30. Teste marcas genéricas

Considere comprar versões genéricas de suas marcas favoritas. Elas geralmente custam menos do que os itens de marca, mas tem gosto ou desempenho semelhante.

31. Pare de comprar água

Pare de comprar garrafas de água e opte por investir em um purificador de água, e utilize uma garrafa reutilizável para transportar água com você. Pense na economia e na praticidade.

32. Use menos de tudo

Observe a quantidade de coisas que usa para fazer coisas. Tente eliminar o desperdício de todas as formas.

33. Abra a geladeira apenas uma vez

Para economizar em casa, antes de cozinhar, retire da geladeira todos os ingredientes. Evite o abre e fecha da geladeira toda vez que precisar de uma cebola, uma cenoura, etc.

34. Use a máquina de lavar na capacidade máxima

Caso você realmente precise usar a máquina de lavar com metade da capacidade, selecione o programa de lavagem de menor consumo de água. Se você usa lava louças, não é necessário usar o ciclo completo para pratos e talheres pouco sujos, o ciclo curto atende perfeitamente e te ajuda a economizar em casa.

35. Pendure a roupa ao invés de usar a secadora

Você pode economizar mais de 317 quilos de gás carbônico se pendurar as roupas durante metade do ano ao invés de usar a secadora. Sem mencionar a conta de energia.

36. Use somente pilhas e baterias recarregáveis

É certo que são caras, mas ao uso em médio e longo prazo elas se pagam com muito lucro e ajudam a economizar em casa. Duram anos e podem ser recarregadas em média 1000 vezes.

37. Troque suas lâmpadas incandescentes por led

Lâmpadas fluorescentes gastam 80% mais energia que uma lâmpada led. Assim, você economizará 136 quilos de gás carbônico anualmente e irá economizar em casa.

E aí? Tem mais algum dica? Deixa por favor nos comentários... ;)

Sobre o autor: Luiz Mar é Administrador graduado pela UFPR, com MBA em Direção Estratégica e Pós-Graduação em Finanças Empresarias. Criador do Empoderamento Financeiro (o melhor e mais acessível curso de finanças pessoais do Brasil) onde ensina Inteligência Financeira e Investimentos, é profissional da área financeira e há mais de 15 anos trabalha com planejamento financeiro para empresas dos mais diversos setores e tamanhos. Na Update Consultoria, ajuda empreendedores e profissionais com treinamentos, investigação apreciativa, plano de negócios, plano financeiro, planejamento estratégico e finanças pessoais.

145 visualizações